background image

Saiba mais sobre o Arla 32

16/03/2022

Bárbara Argenta

porBárbara Argenta
Analista de conteúdo

Saiba mais sobre esse agente obrigatório que transforma gases poluentes em substâncias não prejudiciais ao meio ambiente e à saúde.

Por que Arla 32?


O Arla, ou Agente Redutor Líquido Automotivo, ajuda a diminuir a emissão de poluentes liberados pelos caminhões.

A reação química do Arla consiste na quebra das moléculas poluentes (óxido de nitrogênio) e as transforma em nitrogênio . Essa reação se dá a partir da composição do agente: cerca de 32 g de ureia técnica (pura) por 100 g de água desmineralizada em contato com o combustível.

Utilização do Arla 32

Desde 2012, veículos pesados fabricados no Brasil passaram a ter o Sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR). A legislação do país exige, desde então, que seja usado o Arla.

Esses veículos possuem um tanque específico para sua armazenagem, não sendo correta a inserção dessa substância no tanque comum de combustível.

Caso o Arla não seja utilizado de maneira correta e algum dano mecânico seja identificado no veículo, a fabricante pode se isentar de oferecer a manutenção de garantia, pois o painel irá mostrar “mau uso“ do equipamento, categoria não atendida pela garantia.

A utilização da substância de forma não correta é uma infração de trânsito grave, com possível retenção do veículo para regularização e multa de R$195,23.

Instruções de segurança

O produto deve seguir a instrução ISO 22241 e ter o selo do Inmetro. A procedência segura do material garante o resultado esperado. O uso de produtos inadequados configura crime ambiental e pode causar danos ao veículo, como a perda do catalisador.

Sua validade pode ser de até 12 meses, de acordo com as condições de armazenagem. Verifique sempre qual o ambiente ideal para que não ocorra deterioração do material.

Ele não oferece risco ao ser manuseado e caso haja contato com a pele, basta lavar o local com água corrente.

Até mais!

Voltar