background image

Release

assessoria

Com crescimento de 500% na pandemia, Startup quer quintuplicar valores transacionados em 2022


-

Ano após ano, o número de startups no Brasil tem crescido consideravelmente. De acordo com a Associação Brasileira de Startups – ABSTARTUPS, esse tipo de negócio mais que triplicou de 2015 até 2019, passando de 4 mil para 12 mil (um salto de 207%) e nem mesmo o contexto de pandemia fez com que esse aumento fosse freado. Hoje, o país tem 14.065 startups distribuídas em 710 cidades brasileiras.

Leia mais

assessoria

Como as tensões entre Ucrânia e Rússia devem impactar o preço de combustíveis no Brasil

Os últimos acontecimentos registrados sobre a invasão da Rússia à Ucrânia na última quinta-feira, 24, despertaram dúvidas negativas não só na Europa e nos Estados Unidos, mas também em todos os países que mantêm parcerias políticas e comerciais com as duas nações em conflito. Somente na manhã de quinta-feira, 24, o preço do barril de petróleo Brent alcançou US$ 100,04 pela primeira vez desde setembro de 2014 e as projeções realizadas por especialistas indicam que este valor pode atingir os US$ 120 até o final de fevereiro. Sendo o segundo maior produtor de petróleo do mundo, a Rússia tem a capacidade de produção de mais de 10 milhões de barris por dia, o que pode ser afetado diretamente pelos últimos conflitos.

Leia mais

assessoria

Desenvolvedoras criam Grupo de encontros para ensinar e incentivar mulheres na área de TI

A presença feminina no setor de tecnologia sempre foi marcada pela diferenciação entre oportunidades para os homens e para as mulheres. Apesar desse cenário estar mudando aos poucos, o segmento ainda continua muito masculinizado. De acordo com a pesquisa da empresa de tecnologia “Revelo”, que conecta candidatos a vagas desse setor, em 2020, as mulheres ocupavam 12% das vagas na carreira de tecnologia, com um crescimento de 1,1% comparado aos 10,9% registrados em 2017.

Leia mais

assessoria

Em meio à crise de combustíveis, Startup auxilia transportadoras com soluções para preço do diesel

O ano de 2022 está sendo marcado pela crise nos preços dos combustíveis no mercado mundial, refinarias e consequentemente nos postos de abastecimento. De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), na semana do dia 27/02 a 05/03 o preço do diesel era R$5,603, na semana seguinte seu valor chegou a R$5,814. Ao todo, segundo o Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBI), a Petrobras já acumula um crescimento de 35% no preço do litro do diesel vendido às distribuidoras desde o início do ano.

Leia mais

assessoria

Executivo desenvolve startup para auxiliar transportadoras a economizarem com combustíveis

A startup Gasola nasceu com o propósito de ajudar transportadoras a terem acesso a melhores negociações no preço do combustível, visando democratizar a gestão de abastecimento de frota. Ricardo Lerner, fundador e CEO da empresa, já trabalhava na área de logística há oito anos, o que ajudou bastante na hora de criar sua startup.

Leia mais

assessoria

Fundador da Gasola discute impactos do aumento dos combustíveis em entrevista à Jovem Pan

Levantando a discussão sobre a principal dor e um dos maiores custos para as transportadoras, a gestão de combustíveis, Ricardo Lerner, fundador da Gasola, foi convidado a participar do podcast “Papo Retor Gestor de Frota” na última quinta-feira (02). A conversa se desdobrou entre alternativas para as empresas de transporte na hora do abastecimento da frota, que realmente tragam resultados e retornos positivos.

Leia mais

assessoria

Fundador da Gasola discute sobre gestão de abastecimento no podcast Papo Reto Gestor de Frotas

Levantando a discussão sobre a principal dor e um dos maiores custos para as transportadoras, a gestão de combustíveis, Ricardo Lerner, fundador da Gasola, foi convidado a participar do podcast “Papo Retor Gestor de Frota” na última quinta-feira (02). A conversa se desdobrou entre alternativas para as empresas de transporte na hora do abastecimento da frota, que realmente tragam resultados e retornos positivos.

Leia mais

assessoria

Guerra na Ucrânia já afeta preço do diesel pelo Brasil e Petrobras anuncia primeiros reajustes

Os últimos acontecimentos registrados sobre a invasão da Rússia à Ucrânia na última quinta-feira, 24, despertaram dúvidas negativas não só na Europa e nos Estados Unidos, mas também em todos os países que mantêm parcerias políticas e comerciais com as duas nações em conflito. Somente na manhã de quinta-feira, 24, o preço do barril de petróleo Brent alcançou US$ 100,04 pela primeira vez desde setembro de 2014 e as projeções realizadas por especialistas indicam que este valor pode atingir os US$ 120 até o final de fevereiro. Sendo o segundo maior produtor de petróleo do mundo, a Rússia tem a capacidade de produção de mais de 10 milhões de barris por dia, o que pode ser afetado diretamente pelos últimos conflitos.

Leia mais

assessoria

Novo aumento do diesel pressiona transportadores a encontrarem soluções de baratear os custos

Na última terça-feira, 11, a Petrobras anunciou que aumentará os preços dos combustíveis nas refinarias. A gasolina terá um acréscimo de 4,85%, enquanto o diesel ficará cerca de 8% mais caro. O reajuste, que é o primeiro desde outubro de 2021, passou a valer quarta-feira, 12, e já pressiona os segmentos de transportes, principalmente o rodoviário de cargas a encontrarem soluções para baratear seus custos com os serviços e assim, se manterem competitivos em um mercado cada vez mais complexo.

Leia mais

assessoria

Plataforma conecta transportadoras e postos de combustível gerando economia por litro do diesel

O preço dos combustíveis tem sido o principal assunto dos brasileiros desde o ano passado, quando houve uma escalada nos valores aplicados ao consumidor. A constante alta afeta a sociedade como um todo e principalmente as empresas transportadoras que precisam desse ativo para suas operações. Segundo o Departamento de Custos Operacionais na NTC&Logística (DECOPE), o combustível representa até 35% de uma operação de transporte rodoviário de cargas.

Leia mais

assessoria

Preço do diesel recua em dezembro, após altas consecutivas

O preço do diesel apresentou estabilidade na primeira quinzena de dezembro, de acordo com o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). Ainda que as médias apresentadas sejam elevadas, vale ressaltar que este é o primeiro indicativo de estabilidade após os acréscimos consecutivos desde o mês de abril.

Leia mais

assessoria

Startup utiliza tecnologia para calcular impacto da emissão de CO2 no setor de transporte de cargas

A sustentabilidade é um tema indispensável nos dias de hoje, em todos os setores da sociedade e principalmente na economia. O que antes era visto como um manual de boas práticas, agora é considerado crucial para a eficiência e imagem das organizações. De acordo com uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) com executivos de 500 empresas médias e grandes 2021, 98% das empresas adotaram ao menos uma ação de sustentabilidade e 63% delas pretendem ampliar os investimentos na área nos próximos dois anos. Tal tendência sustentável está ganhando cada vez mais força, fazendo com que companhias de diferentes escalas busquem alternativas para se adequarem a essa demanda mundial.

Leia mais

assessoria

Tecnologia é fator fundamental para driblar desafios dos combustíveis em 2022

Marcado por consecutivos aumentos nos preços dos combustíveis e consequentemente nos postos de abastecimento, o ano de 2021 foi desafiador para o segmento de transporte. De acordo com um levantamento do Valor Data, a Petrobrás já acumula um crescimento de cerca de 65,5% no preço do litro do diesel desde o início do ano anterior. Dados divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) revelaram que o diesel superou as máximas históricas, considerando as correções mensais pela inflação, e ultrapassou pela primeira vez em outubro do ano anterior o valor de cinco reais.

Leia mais

assessoria

Transportadores buscam solução para consecutivos aumentos do diesel

O ano de 2021 está sendo marcado por consecutivos aumentos nos preços dos combustíveis nas refinarias e consequentemente nos postos de abastecimento. De acordo com dados da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o diesel superou as máximas históricas ao considerar os valores mensais corrigidos pela inflação e em outubro ultrapassou pela primeira vez o valor de cinco reais, seguido de novo aumento em novembro. Ao todo, segundo o Valor Data, a Petrobras já acumula um crescimento de 65,5% no preço do litro do diesel desde o início do ano.

Leia mais